Técnicas De Marketing Digital

10/03/2020

Marketing Digital significa estratégia digital para aumentar o faturamento da empresa. Por isso, nesse post vamos  te dar dicas de como você poderá lucrar mais com o seu aplicativo.

Antes de começar, precisamos separar dois tipos de clientes que chegarão até o seu produto ou serviço.

O primeiro cliente é o que precisa de forma mais urgente do seu negócio, normalmente ele vem através de sites de buscas como Google, Yahoo ou Bing.

O segundo cliente é o que se envolve com o seu negócio para depois tomar a decisão de compra, é muito comum em plataformas como Facebook, Instagram e Twitter.

Agora vamos para as técnicas de vendas, onde você poderá divulgar o seu app, a sua empresa e os seus produtos de forma mais fácil e com melhor retorno.

Divulgue nas Redes Sociais: Alguns anos atrás, era mais fácil divulgar de forma orgânica, ou seja, sem custos. Suas postagens apareciam para 60% das pessoas que te seguiam, hoje essa porcentagem caiu para apenas 2%. Nós da Mailu temos mais de 200 mil seguidores em nossa página do Facebook, mas somente 4 mil visualizam as nossas postagens e desses somente 200 interagem.

Olhando por essa perspectiva desanimadora, não dá vontade de postar por exemplo no Facebook para fazer negócios não é? Mas a plataforma quer que você pague para que possa alcançar mais pessoas e obter resultados com o seu negócio. 

Pagando você tem o retorno do investimento desde que o seu produto tenha um bom custo benefício e que em sua comunicação com seu cliente você utilize boas técnicas de vendas.

Não vemos as grandes empresas vendendo diretamente nas redes sociais, porque é um trabalho de formiguinha.

É muito comum que você tenha que pagar para promover um post e então a partir daquele conteúdo promovido você induza o cliente clicar para ser direcionado ao local de compra em um site ou aplicativo.

Algumas empresas direcionam os seus clientes para uma squeeze page, que é uma página para capturar e-mails em troca de alguma informação valiosa ou brinde, pois com uma lista de e-mails o empreendedor consegue aumentar de forma mais inteligente o poder de divulgação, utilizando o público semelhante. 

Para compreender a técnica do público semelhante você precisa saber que a plataforma consegue identificar os interesses das pessoas de acordo com o seu histórico de navegabilidade na internet. Se você passar a lista de clientes para o Facebook por exemplo, eles vão identificar o perfil de compra em comum entre eles, a partir daí, o Facebook consegue buscar novos clientes no meio de 4 Bilhões de usuários, que tem o mesmo perfil dos clientes que já compraram na sua empresa, assim os novos clientes que surgem são qualificados para comprar com você.

Resumindo, com a técnica do publico semelhante a chance de os clientes visualizarem sua postagem e dizerem sim para a compra é muito maior.

Divulgue no Google: Para que a sua empresa venda mais através do Google, é preciso que ela esteja melhor ranqueada na página de pesquisa da plataforma, ou seja, que esteja nas primeiras páginas de forma orgânica.

Você deve estar se perguntando como poderá fazer isso, não é?

Existem algumas medidas que o Google utiliza, como por exemplo, tempo de permanência do cliente no site, a quantidade de visitas e também a quantidade de páginas que o cliente está visitando entre outras métricas.

Por isso, é essencial que o seu site esteja, sempre atualizado, também com uma grande quantidade de informações e conteúdos relevantes para os clientes.

Todo esse trabalho acaba valendo a pena, pois as empresas que permanecem nas primeiras páginas do Google, acabam vendendo 30 vezes mais que as outras, é um número bastante considerável.

Mas tem um pequeno problema para quem está iniciando, mesmo que você comece a deixar o seu site em perfeitas condições e constantes atualizações, caso você consiga através de técnicas de SEO ( Optimização de Engrenagem de Busca)  você só vai conseguir melhores resultados, após 1 anos de optimização do seu site.

Então, também é importante considerar o retorno a longo prazo.

Divulgue o seu Aplicativo: De tudo que nós vimos sobre as redes sociais e o Google, verá que o app é uma ferramenta extremamente poderosa e barata.

A vantagem das redes sociais é manter a interação com os seus clientes onde eles estão, pois a média de uso das redes sociais é de 3 horas por dia.

Mas os resultados orgânicos não são muito lá animadores não é? Apenas 2% dos seus amigos e seguidores verão o seu anúncio.

Já o Google oferece um retorno mais imediato, mas é preciso conhecer bem de SEO, e além disso o trabalho para deixar o seu site nos primeiros lugares são intensos.

Então pense no aplicativo como a união dessas duas plataformas em uma só ferramenta.

Comparando o aplicativo com as redes sociais, você conseguirá interagir com 100% dos seu clientes de forma orgânica (sem custos) através de pushs (notificações).

Sabemos que um cliente toma a decisão de compra com uma empresa após em média 7 contatos com a marca. Agora imagina você tendo que anunciar 7 vezes para depois quem sabe fechar uma venda?

Já com um aplicativo você só precisará  que os seus clientes baixem o seu app, e, a partir dali, basta se comunicar gradualmente sem custos com todos eles, até criar o desejo de compra e fechar a venda.

Comparando no Google, os seus anúncios ficam mais baratos e você não precisará ficar anunciando constantemente para as mesmas pessoas no campo de pesquisa do Google, além de que o seu app estará na primeira página da apple store e da play store, já que existem pouquíssimas empresas nessa área.